quinta-feira, 26 de janeiro de 2012


A NOVA ORIENTAÇÃO ALIMENTAR

O USDA substituiu o guia alimentar de formato em pirâmide, após 20 anos de uso, por um prato como seu novo ícone. O novo guia alimentar tem formato de prato com os alimentos divididos em tamanhos de porções. Na realidade, há somente 4 alimentos no prato redondo e uma xícara opcional de leite e derivados ao lado do prato. O velho guia alimentar em formato de pirâmide possuía tantos alimentos dispostos nos seus vários níveis que a pessoa tinha de imaginar de forma abstrata quais alimentos escolher entre todos os listados.

O novo guia alimentar dá ênfase no tamanho da porção, por ser um prato com os alimentos divididos em porções como pedaços de uma torta, ao invés da pirâmide com informações conceituais. O USDA achou que a visualização de um prato com alimentos e utensílios pode representar melhor o que é saudável, em consumo, mais claramente que o formato abstrato da pirâmide, um pouco confuso para leigos. Assim a confusão tende a diminuir.

A velha pirâmide como guia alimentar era bastante abstrata para algumas pessoas, que tinham de pensar o que “escolher” ou entender como a pirâmide funcionava a respeito das quantidades de alimentos menos saudáveis e em menor proporção no topo e as maiores quantidades alimentares na base, supostas a serem consumidas em maior quantidade – sem menção do tamanho da porção. A maioria dos leigos achava o conceito confuso por não entenderem o conceito abstrato por trás do profundo significado.

Agora, pensa-se que o novo guia de nutrição saudável facilitou o entendimento por ter visualização mais dinâmica: um prato com seus talheres. Todos entendem os tamanhos das porções quando estas são colocadas em um prato redondo. É universal, mesmo para aqueles que comem em folhas de bananeira ao invés de pratos.

A maioria das pessoas estão acostumadas a ver pratos redondos. Talvez em sua casa seus pratos tenham formato quadrado ou oval, mas o conceito comum em restaurantes, escolas e instituições é o prato redondo. A substituição da pirâmide alimentar mostra exatamente como metade do prato deve ser preenchida com frutas e hortaliças, a outra metade com grãos integrais e proteínas magras. É simples. Não há conceitos numéricos para memorizar. É tudo visual, dividido como uma torta.

O novo guia alimentar torna simples de entender que 50% ou metade do consumo deve ser em frutas e hortaliças e a outra metade ou 50% deve ser em grãos integrais e proteínas magras. Deve-se determinar as fontes de proteína magra: carnes vermelhas magras, pescado, aves, feijões (leguminosas), queijos magros, etc. Hortaliças e frutas são óbvios.

O problema agora é ensinar as pessoas quais alimentos possuem proteínas, o quanto de proteína é necessário em relação à faixa etária, a resposta do organismo e qual o teor protéico do alimento de escolha com sua forma de absorção no organismo.

O número de alimentos dispostos no novo guia alimentar foi reduzido a 4 alimentos. A velha pirâmide alimentar tinha 6 alimentos à mostra. O significado escondido no novo prato alimentar é o controle dos tamanhos das porções.

A atualidade do guia alimentar em Portugal  

http://1.bp.blogspot.com/_rP49WkXb2WM/TN0CRYcYiNI/AAAAAAAAAOs/f0gjgKZmHF8/S660/roda-dos-alimentos.jpg
A roda dos alimentos surgiu em 1977 em Portugal durante a campanha “Saber comer é saber viver” e em 2003 foi reestruturada devido à evolução dos conhecimentos científicos e à alteração clara dos hábitos alimentares dos portugueses. Desta forma, foram subdivididos alguns dos grupos e acrescentado água. A Roda é uma ilustração gráfica que pretende ajudar a escolher e a combinar os alimentos que deverão fazer parte de um dia alimentar saudável. O seu formato em forma de roda pode ser facilmente identificado e associado a um prato vulgarmente utilizado e, além disso, não hierarquiza os alimentos. A nova Roda dos Alimentos é constituída por 7 grupos de alimentos, os quais foram agrupados de acordo com as suas semelhanças e características nutricionais, somando-se a água no centro. Além disso, a Roda estabelece porções diárias recomendadas e equivalentes entre os alimentos. A Roda dos Alimentos é constituída por 7 grupos alimentares. Estes estão divididos de acordo com a sua proporcionalidade, sendo que no centro se encontra a água, já que todos os alimentos são constituídos por este elemento e mais de 60% do nosso organismo é água, e um dos objetivos é também alertar para o seu consumo in natura.

Dra Licinia de Campos

Nota do autor deste BLOG:

Como podemos concluir,pirâmides já não mais ilustram uma dieta ideal;pena que esta seja no formato de pizza;sabidamente um prato desbalanceado.
Por J.Américo G.Dornelles

Fonte SIC

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui,por favor!
Desde já, obrigado em ajudar a construir uma rede de boas inspirações.